quarta-feira, janeiro 31, 2007

arquitecturas



Livraria Almedina III, Coimbra, M. Aires Mateus, 2006

10 comentários:

intruso disse...

...fotografia de Daniel Malhão.

m.i.m. disse...

é uma catedral para os livros

Vera disse...

gosto do caleidoscópio que sai para fora

linhas tortas disse...

Agora sim, falamos de coisas sérias.

Belíssimo, o espaço (pelas fotos tb excelentes) e sem dúvida que deve ficar divino todo ele repleto de livros. O cheiro a livros, o mistério dos livros. Gosto de livros e das palavras contidas neles mesmo sem as ler e gosto dos livros que tb não são para ler.E das arquitecturas de mágicos enormes que sabem dizer tão bem o espaço.

intruso disse...

(não sei se já abriu...
mas quero mesmo ir lá...)

@ disse...

Espero que o espaço com a matéria continue a ter a mesma leitura.

holeart disse...

onde as termitas guardam as folhas e os fungos.

os livros...

todas as sabedorias

intruso disse...

(tem qq coisa de "sagrado" este(s) espaço(s), não tem?
capelas...)

merdinhas disse...

olhas os mateus da casa elementar a tantas outras....

isto da arquitectura nos segredos agrada-me.

A. disse...

...és sem dúvida um João fascinante.



voa sim.mereces.