quinta-feira, agosto 17, 2006

Simulacros


Alicia Framis, “Cemetery in Metro Station”, 1999, Paris

5 comentários:

ORASKA disse...

Bom dia Procktor e bem vindo ao Segredo das Artes.

. disse...

Danke, Benedita.

merdinhas disse...

Bem vindo sim.
Já que postas Alicia façamos um brinde com algo saído do seu "mini-bar" e
admitamos que "Beauty doesn't have gender".

by the way... disse...

atento este procktor.

silencioso e raro.

sabr disse...

Como vai longe o aufstellung heideggeriano. Por mim, como escreveu o poeta, kein dingsei wo das Wort gebricht.