sábado, agosto 19, 2006


Jean-Michel Basquiat, Caveira, 1981
(post dedicado ao continente maravilhoso de Benedikt Taschen)

3 comentários:

merdinhas disse...

Boa Noite Bene Dita
Optei por comentar com parte de um post que fiz há tempos...
Jean-Michel Basquiat, Every line means something

by the way... disse...

este era castanho mas nao era castanha.

tu nao dormes benedita.

olhar afinado.

tenreirinha disse...

gosto disso...