sexta-feira, março 16, 2007

Auto-Retrato


Francis Bacon, Auto-retrato, 1971.

6 comentários:

Frioleiras disse...

Admiro...iro...
...iro...
...iro...

já vi quadros,

fabulosos,

plasticamente,
dele...
mas não me consigo apaixonar !

Há qlq coisa ... neles
q me deixa a boca amarga,
q me violenta,
q me distorce a alma ...
mt !
n deixo,
p isso de me por em
"bicos dos pés"
perante ele...

mas n amo !

Mauricio disse...

ADORO!!!

A força que tem, e que força.

Um abraço a todos

linhas tortas disse...

Só alguns podem, só alguns sabem: Sir Francis Bacon pode.

PMBC disse...

Para mim são peças que traduzem genialmente, com grande riqueza plástica e às vezes até de uma forma bonita sentimentos difíceis como amargura, sarcasmo, revolta...
Não consigo passar ao lado sem me deter a olhar.

intruso disse...

desconstrução,
não mostrar o que se vê,
ponto de vista turvo, mutante...

intruso disse...

[ F.Bacon é daqueles que eu gosto mesmo,
no qual encontro sempre perguntas novas ou com novos sentidos,
respostas possíveis]