domingo, setembro 10, 2006

Joseph Cornell

Joseph Cornell, Untitled (Penny Arcade Portrait of Lauren Bacall), 1945-46

5 comentários:

@ disse...

mas que arrumadinha!!!um dos ícones.

Frioleiras disse...

Gosto sempre das tuas escolhas...
Aproveito para te responder ao comentário que fizeste recentemente a um "post" meu... sobre os centros de interesses das pesoas... na realidade, escolhi o nome Frioleiras porque o meu intuito é focar as coisas "agradáveis" da vida (frioleiras, sítios, perfumes, moda, restaurantes, música, arte etc)... sabes, a vida não é nada fácil e já que é difícil "remar contra a corrente" , lembro sempre o lada "kantiano" da vida: belo=bem (bem de bondade) ... para além de que penso sempre na máxima "quem não vive como pensa, acaba por pensar como vive".. é verdade, para mim, pelo menos... s viver sempre rodeada de "Marie Laurencien" a vida será mais rosa...
Um abraço

@ disse...

...mas referia-me à Bacall!!

holeart disse...

joseph cornell é sempre fabuloso.

há caixinhas para tudo. o mundo é assim.

. disse...

fabuloso, e com estrépito, sem estrépito, sempre ergui a cabeça :)